Início Baja Portalegre Petrobras Rally Team começa “detonando” no Baja Portalegre

    Petrobras Rally Team começa “detonando” no Baja Portalegre

    Guiga Spinelli e Youssef Haddad largaram em 4o lugar e terminaram muito bem a primeira Especial da prova

    COMPARTILHAR

    O primeiro dia de ação no Baja Portalegre começou com a disputa do prólogo, que normalmente define as posições de largada. No entanto, nesta prova, há mais um elemento na definição de quem larga em qual posição – os dez competidores com os melhores tempos obtidos no prólogo escolhem em qual das 10 primeiras posições querem largar.

    Lembrando que no rally, nem sempre largar na frente é a melhor opção, por exemplo, em caso de chuva, quem vem atrás consegue observar melhor as referências dos pontos de frenagem, além de pegar uma estrada mais limpa, já que o carro da frente vai fazendo a limpeza.

    No caso do Baja Portalegre, a estratégia utilizada pelos competidores foi semelhante – escolheram fugir da poeira provocada pelo tempo seco na região, e optaram por quanto mais na frente largassem, melhor. Portanto, as posições escolhidas, permaneceram as mesmas dos tempos garantidos no prólogo. Guiga Spinelli e Youssef Haddad, do Petrobras Rally Team, partiram da 4a colocação.

    “O interessante do prólogo, é que não houve reconhecimento prévio, ou seja, favoreceu quem já conhecia o traçado dos anos anteriores. Por isso mesmo, o resultado nos deixou bastante satisfeitos e otimistas”, disse Guiga Spinelli

    Definidas as posições da largada, os carros partiram para a primeira Especial cronometrada da etapa, com cerca de 75km. “A Especial intercalou trechos muito rápidos, incluindo asfalto, com trechos travados, sinuosos, estreitos, entre árvores, com muitas erosões e buracos. Andamos em um bom ritmo, sem cometer erros, porém sem fazer loucuras. Havia muitos trechos sem muita visibilidade, onde era muito difícil andar com os caras que conhecem bem essas estradas e estão super acostumados com a prova”, afirmou Youssef Haddad.

    “Foi uma Especial dura, mas fizemos um bom ritmo, com o carro perfeito. Estamos bem próximos da dupla terceira colocada, e cerca de 2 minutos e meio distantes das duas primeiras posições. Na frente, estão as duplas dos pilotos portugueses, João Ramos e de Ricardo Porém, que é tricampeão consecutivo dessa prova. Ambos conhecem muito bem a região e estão andando muito forte. Mas, estamos confiantes, focados e vamos pra cima”, declarou Guiga

    Ao total, com os deslocamentos, foram percorridos 198km nesta sexta-feira, e o sábado promete ainda mais – serão duas Especiais disputadas, a primeira com 215km e a última da competição, com 170 quilômetros.

    MUITAS OUTRAS FOTOS DISPONÍVEIS EM:
    www.flickr.com/photos/petrobrasrallyteam